provamos que a Maçonaria Adora a Lúcifer 1de 5

Parte superior do formulário

Parte inferior do formulário

"Cutting Edge Ministries"

Provamos Conclusivamente Que a Maçonaria Adora a Lúcifer – Parte 1 de 5

Agora, utilizando citações e ilustrações de livros maçônicos, provamos, sem sombra de dúvidas, que a Maçonaria é totalmente satânica. Você não precisa mais ser enganado.

A maior parte deste artigo baseia-se em livros que foram publicados por editoras maçônicas e que eram muito secretos antigamente. Seguimos a recomendação bíblica atentamente, comparando os ensinos maçônicos com a Bíblia Sagrada. Em 1 João 4:1, encontramos este mandamento a todos os cristãos: "Amados, não deis crédito a qualquer espírito, antes provai [testai] os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora." Assim, vemos que qualquer ensino religioso que não se conforme com as Escrituras é proveniente de um "falso profeta".

Este exercício não é vão, pois é sua alma preciosa que está em jogo. Finalmente, lembre-se de duas coisas sobre a Maçonaria: 1) Os maçons de graus superiores mentem para seus colegas maçons, pois eles "merecem ser enganados"; 2) As explicações dadas a 95% de todos os maçons estão erradas. Veja esta citação de um autor maçom, Carl Claudy: "Remova a casca exterior e encontre um significado; remova aquele significado e encontre outro; abaixo dele, se você cavar ainda mais, encontrará um terceiro, um quarto – quem poderá dizer quantos ensinos?" Você aprendeu muitas mentiras, conforme demonstraremos nos nossos muitos artigos. Finalmente, lembre-se, da audaz afirmação de Albert Pike em seu livro Morals and Dogma (leia a resenha) que, "A Maçonaria é idêntica aos mistérios antigos", o que significa que todos seus ensinos em todos os livros são exatamente o mesmo que os mistérios antigos, pagãos e satânicos! [pg 624, Ensinos para o Vigésimo Oitavo Grau]

Pedimos que você separe um tempo para ler nossos artigos para que finalmente saiba a verdade de Jesus Cristo, o Deus do Universo, a quem os maçons chamam de "deus inferior" e nunca mencionam em seus ensinos e rituais. Oramos fervorosamente para que o Espírito Santo ilumine sua mente, coração e alma com o conhecimento do verdadeiro Deus, e somente do verdadeiro Deus, da Bíblia Sagrada.

Agora, pela primeira vez, provaremos conclusivamente que a Maçonaria é na verdade adoração a Lúcifer, o portador da Luz; logicamente, como Lúcifer e Satanás são biblicamente a mesma pessoa, a Maçonaria na verdade está adorando a Satanás. Provaremos isso citando suas próprias fontes e mostrando seus próprios símbolos. Nos símbolos, a Maçonaria revela mais sobre si mesma que em seus escritos; porém, começaremos pelos escritos, pois ali você encontrará a "prova da arma fumegante" que a Maçonaria adora a Lúcifer. Após compreender essa verdade, você saberá por que eles tiveram tanto cuidado ao longo dos séculos de manter a tampa do segredo muito bem fechada, pois, se as pessoas realmente compreendessem que a Maçonaria é adoração a Satanás, ninguém mais ingressaria na sociedade e os cidadãos da maioria das comunidades exigiriam que as autoridades constituídas proibissem a organização. Assim, você tem segredos dentro de segredos, exatamente como mencionamos anteriormente; além disso, há uma contínua campanha de relações públicas promovendo a mentira que a Maçonaria não é uma religião e que é apenas uma organização social que realiza boas obras.

Agora, vamos informá-lo, utilizando as próprias palavras da Maçonaria, que os maçons nos níveis mais altos adoram a Satanás.

Lúcifer é Exaltado Como o Portador da Luz da Maçonaria

"Lúcifer, o portador da Luz! Nome estranho e misterioso a dar ao Espírito das Trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele que traz a Luz e que com seus esplendores intoleráveis, cega as almas frágeis, sensuais e mesquinhas? Não duvides!" [Albert Pike, Moral and Dogma of The Ancient and Accepted Scottish Rite of Freemasonry, pg 321, Décimo Nono Grau, Grande Pontífice; ênfase adicionada]

Que revelação! A partir do primeiro grau, da primeira iniciação, o maçon é instruído a "buscar a Luz"! Os maçons dizem com freqüência que estão "buscando a Luz", e que passarão sua vida inteira "caminhando em direção à Luz". Quase todas as pessoas na civilização ocidental assumirão que essa "Luz" é a revelação do Deus da Bíblia; na verdade, essa afirmação é proferida continuamente para tentar nos convencer que a Maçonaria seja cristã. No entanto, aqui, Albert Pike está dizendo que Lúcifer é aquele que traz a Luz da Maçonaria!

A sentença de Pike que precede essa confirma não somente que Lúcifer é o portador da Luz, mas que os maçons dos graus inferiores foram levados a acreditar que o oposto era verdadeiro. Como o palavreado nessa sentença é um pouco arcano [compreendido somente por aqueles que têm um conhecimento especial], pedi ao ex-satanista Iluminista Doc Marquis, que me desse uma explicação. No entanto, estamos indo depressa demais agora; vamos examinar essa sentença.

"O Apocalipse é, para aqueles que recebem o Décimo Nono Grau, a Apoteose daquela Sublime Fé que aspira a Deus somente, e despreza todas as pompas e obras de Lúcifer." [Ibidem]

À primeira vista, essa sentença parece contradizer à primeira que mencionamos anteriormente, onde Pike identifica Lúcifer como o portador da Luz maçônica. No entanto, quando você compreende a explicação esotérica de Doc Marquis, sua compreensão fica totalmente clara.

Primeiro, Pike identifica o Apocalipse como sendo o livro escrito pelo apóstolo João. Em seguida, afirma que outros livros similares de outras religiões, são igualmente ‘inspirados’ como o Apocalipse, mencionando Filo, Platão, o Sephar Yezirah e o Sohar. Pike diz que todos esses três livros – o Apocalipse, o Sephar Yezirah e o Sohar, são todos identicamente ‘inspirados’. Como esses dois últimos livros não são da fé cristã, Pike está dizendo que o conteúdo do Apocalipse não é grande coisa. Portanto, não é grande coisa que o livro do Apocalipse denigra a "pompa e a obra" de Satanás, pois o Deus daquele livro sabidamente detesta Satanás.

Em seguida, Pike diz que esses três livros "são o mais completa incorporação do ocultismo".[Ibidem] Agora, compreendemos que Pike vê o Deus do Apocalipse como sendo o oposto, mas igual a Satanás, exatamente como os ocultistas típicos acreditam e ensinam!

Doc Marquis apresenta também uma explicação ocultista e esotérica. Pike também está dizendo nessa sentença que, nos dezoito graus anteriores, os maçons acreditaram que Deus era o portador da Luz, mas agora, no Décimo Nono Grau, Pike está fazendo uma nova revelação. Esse conhecimento enquadra-se perfeitamente com a declarada política maçônica de enganar deliberadamente os maçons que estão nos graus inferiores até que eles realmente estejam prontos para a "verdade". Esta é a verdade — a Maçonaria adora a Lúcifer.

A Frase Tipicamente Satânica de Pike – Exposta Para Que Todos Possam Ver

Pike então dá evidência concreta da adoração do maçom a Satanás/Lúcifer na capa do livro Morals and Dogma! Abaixo do selo redondo de "Deus", Pike escreveu em latim uma típica frase satânica. Uma olhada nessa frase alertaria qualquer satanista que o conteúdo do livro é satânico! O satanista também compreenderia imediatamente que toda a Maçonaria é satânica.

Essa frase é: "DEUS MEUMQUE JUS". O significado literal é "Deus e Meu Direito".

Doc Marquis diz que essa frase é muito típica dentro do satanismo. Ela tem dois significados, um dentro do outro. Primeiro, significa que o maçom pode depender do seu deus para determinar seu Direito e sua Justiça. Segundo, como o deus da Maçonaria é Lúcifer, os maçons estão dizendo que estão "usando métodos ocultos", por meio de Lúcifer, para alcançar seus Direitos e Justiça. Marquis diz que essa frase é muito poderosa e muito perigosa dentro do satanismo. No instante que um satanista vê essa frase em latim no livro de Pike, ele sabe que o conteúdo é satanismo, sem precisar ler uma palavra dele!

"As Energias Ardentes de Lúcifer em Suas Mãos"!

"Chegou o dia em que o Companheiro Maçom precisa conhecer e aplicar seu conhecimento. A chave perdida para esse grau é o domínio das emoções, que colocam a energia do universo a sua disposição. Só se pode confiar grande poder aos homens que provaram sua capacidade de usá-lo de forma construtiva e altruísta. Quando o maçom aprende que a chave para o guerreiro é a aplicação correta do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério da sua Arte. As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos, e antes que ele dê o passo para a frente e para cima, precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia. Precisa seguir os passos de seu antepassado, Tubalcaim, que com a força poderosa do deus da guerra forjou de sua espada um arado." [Manly P. Hall, Trigésimo Terceiro Grau, K. T., The Lost Key of Freemasonry or The Secret of Hiram Abiff, Prefácio de Reynold E. Blight, Trigésimo Terceiro Grau, K. T., Ilustrações de J. Augustus Knapp, Trigésimo Segundo Grau, Macoy Publishing and Masonic Supply Company, Richmond, Virgínia, pg 48, ênfase adicionada]

Essa frase é a mais audaz e concisa que alguém pode criar! Ela afirma audaciosamente que, uma vez que o maçom aprenda a controlar suas emoções e a aplicar corretamente o "dínamo do poder da vida", assegura que poderá controlar "as energias ardentes de Lúcifer em suas mãos". Além disso, ela admite que a Maçonaria é a Arte, o antigo nome da Feitiçaria! Além disso, todos os satanistas têm a certeza que, se ingressarem em um conciliábulo e aprenderem a Arte, controlararão o poder sobrenatural de Satanás, exatamente como Manly P. Hall está prometendo aqui.

Essa é a mais poderosa prova que a Maçonaria é uma forma de satanismo, pois a linguagem aqui é direta e clara, não repleta de palavreado em estilo arcano e confuso que somente um estudioso pode compreender. Além disso, observe que Hall e Reynold E. Blight são maçons de Grau 33, enquanto que o ilustrador é de Grau 32. A Macoy Publishing Company é também uma das mais respeitadas editoras maçônicas.

Revelações Sobre Tubalcaim

No entanto, as revelações desse parágrafo ainda não acabaram. Observe que Hall faz referência a Tubalcaim. Vamos revisar essa frase, pois também revela satanismo. O maçom precisa "seguir os passos de seu antepassado, Tubalcaim, que com a força poderosa do deus da guerra forjou de sua espada um arado." No Masonic Quiz Book [Livro Maçonico de Perguntas], existe a seguinte pergunta: "Quem foi Tubalcaim?" Resposta: "É o Vulcano dos pagãos." [William P. Peterson, Editor, Masonic Quiz Book: "Ask Me Brother", Chicago, Charles T. Power Company, 1950, pg 18, 88, 131, 213; encontrado também em John Yarker, The Arcane Schools: A Review of their Origin and Antiquity: With a General History of Freemasonry and Its Relation to the Theosophic Scientific and Philosophic Misteries, Belfast, Irlanda, William Tait, 1909, pg 30; também encontrado em A. R. Chambers, Editor, Questions and Answers, 1972, pg 237; também encontrado em Malcom Duncan, Duncan´s Ritual of Freemasonry, New York, David McKay Company, terceira edição, pg 94].

Na verdade, no Terceiro Grau, Mestre Maçom, Tubalcaim é a palavra dada como senha.

Além de identificar a Maçonaria com o paganismo nessa frase, qual é o significado de Vulcano dos pagãos? Essa pergunta é muito importante, pois Manly P. Hall aconselha o maçom que, tendo as energias ardentes de Lúcifer em suas mãos, siga os passos de Tubalcaim. Hall faz Tubalcaim parecer um dos deuses gregos, você não acha? E, sabemos conclusivamente que Tubalcaim é o Vulcano dos pagãos. Vejamos quem é o Vulcano dos pagãos, consultando algumas fontes ocultistas.

"Vulcano era a deidade do sol que estava associada com o fogo, trovões, relâmpagos [e a metalurgia]. O festival em sua honra chamava-se Vulcâneo, em que sacrifícios humanos eram oferecidos. [Percival George Woodcock, Short Dictionary of Mythology, Nova York, Philosophical Library, pg 152]. De acordo com Diel, ele tem um relacionamento familiar com o Diabo cristão." [J. E. Cirlot, traduzido por Jack Sage, A Dictionary of Symbols, Nova York, Dorset Press, 1991, pg 362]. "É fascinante saber que ele casou-se com Vênus, outro nome para Lúcifer ou o Diabo." [Woodcock, op. cit, pg 150-51, ênfase acrescentada]

Uau! Aprendemos que Manly P. Hall diz ao maçom que ele tem as energias ardentes de Lúcifer em suas mãos e que deve seguir os passos do "Diabo cristão", a quem "sacrifícios humanos" eram oferecidos!

Os Nomes Infernais: Bafomé, Thoth, Hermes, Tífon e Pã

Neste ponto, até o cético mais empedernido já deve estar convencido que a Maçonaria é adoração a Lúcifer/Satanás. No entanto, para aqueles que ainda precisam de maior convencimento, vamos considerar os nomes infernais pelos quais a Maçonaria mascara suas muitas referências a Satanás. Na Bíblia Satânica, encontramos 77 nomes pelos quais os pagãos referenciaram a Satanás ao longo dos séculos. Vamos rapidamente revisar algums dos nomes infernais do satanismo encontrados dentro da Maçonaria. [The Satanic Bible, Anton LaVey, pg 144-146]

Citaremos o ensino maçônico sobre cada um desses nomes e depois a explicação.

Bafomé – "Os gnósticos sustentavam que ele [o agente universal] compunha o corpo ígneo [respeitante ao fogo] do Espírito Santo, e era adorado nos ritos secretos do Sabá ou do Templo sob a figura hieróglifa do Bafomé ou o bode hermafrodita de Mendes." [Pike, op. cit. pg 734, Ensinos do Vigésimo Oitavo Grau; ênfase adicionada]

Achamos absolutamente incrível que os maçons retratem o Espírito Santo com o símbolo satânico do Bafomé!

Esse símbolo foi criado por um dos maiores satanistas e maçons de todos os tempos, Eliphas Levi. Ao longo dos tempos, tem sido reconhecido como um dos mais malignos de todos os símbolos. Olhando atentamente para o Bafomé, você verá que a ênfase está no sexo, pois esse ser é andrógino – macho e fêmea ao mesmo tempo – observe que ele tem seios de mulher e um falo [um pênis] ereto. Na verdade, duas serpentes estão entrelaçadas em volta do falo ereto, que é estranhamente grande. Esse ser tem a cabeça do "Bode Chifrudo", outro título para Satanás. No livro Masonic and Occult Symbols Illustrated, o Dr. Burns diz, "Em um livro sobre feitiçaria, The Complete Book of Withcraft and Demonology… a legenda diz que ele é ‘o deus cornífero dos feiticeiros, o símbolo do sexo encarnado’" [pg 51]. Observe ainda que o Bafomé está fazendo o sinal da tríade do Diabo com sua mão direita. "Bafomé é também conhecido como bode sabático, em cuja forma Satanás deve ser adorado nos sabás dos feiticeiros." [Frank Gaynor, Dictionary of Mysticism, Nova York, Philosophical Library, 1953, pg 24]

Em seguida, descobrimos que Bafomé é aprovado oficialmente como símbolo da Igreja de Satanás [The Occult Emporium, Winter, 1993-1994, pg 54] e que a figura está no manto vestido pelo sacerdote de Satanás [Ibidem, 1990-1991, pg 26]

Como Albert Pike ligou Bafomé com o Bode de Mendes, mostraremos também esse símbolo obviamente satânico.

</P< p>

Olhe atentamente para este Pentáculo Satânico, pois a Maçonaria utiliza muito os pentáculos. Veja o pentáculo mostrado a seguir. Ele é usado pela Estrela do Oriente, a divisão maçônica para as mulheres! Novamente, a Maçonaria utiliza um símbolo satânico muito maligno para a Ordem que treina suas jovens e facilmente impressionáveis meninas. Por que pelo menos a Maçonaria não utiliza a "Estrela do Bem", com uma das pontas voltada para cima, em vez da mais maligna estrela de cinco pontas invertida, essa Cabeça do Bode de Mendes? Verdadeiramente, o uso que eles fazem desse símbolo diz-nos exatamente que são totalmente malignos, até mesmo para suas próprias meninas.

Descobrimos este símbolo em um site wiccano sobre jóias. Eles estavam brincando com o fato de o emblema do anel maçônico ser na verdade um pentáculo disfarçado! Como você pode ver, a figura à esquerda é um típico símbolo de anel maçônico, com o compasso, o esquadro e a régua. A figura do lado direito retrata a figura completa de onde o símbolo do anel foi retirado. Olhando atentamente, você verá duas estrelas de cinco pontas. Uma delas está mais escura que a outra. O pentáculo de tonalidade mais escura é o Pentáculo Maligno com duas pontas para cima, representanto Satanás, enquanto que o outro, de tonalidade mais clara, é o Pentáculo com uma ponta para cima, a Estrela do Bem, representando Lúcifer. [Veja a explicação do Pentáculo Satânico a seguir.]

A partir dessa ilustração, você pode ver que o símbolo do Anel Maçônico é simplesmente um Pentáculo disfarçado, com as estrelas do Bem e a Maligna representadas! Em outras palavras, esse site wiccano está anunciando para o mundo que a Maçonaria serve tanto ao bom Lúcifer e ao maligno Satanás!

Thoth — "O primeiro Hermes foi a Inteligência ou Palavra de Deus. Movido por compaixão pela raça que vivia sem lei… Deus enviou ao homem, Osíris e Ísis, acompanhados por Thoth, a encarnação ou repetição terrestre do primeiro Hermes; que ensinou aos homens as artes, a ciência, e as cerimônias da religião; e depois subiu aos Céus ou até a Lua." [Pike, Morals and Dogma, pg 255, Décimo Sétimo Grau, Cavaleiros do Oriente e do Ocidente; ênfase no original].

A fundadora da Casa da Teosofia, Helena Petrovna Blavatsky, cujos livros foram todos escritos por seus espíritos-guia, em uma forma que chamamos de Escrita Automática [Psicografia] associa Thoth para nós. "…Hermes, o deus da sabedoria, também chamado de Thoth, Tat, Seth, e Satã; e que era, além disso, quando visto sob seu aspecto ruim, Tífon, o Satanás egípcio, que também era Seth." [Helena P. Blavatsky, Isis Unveiled [Ísis Sem Véu], Vol. 1; Ciência, Trow´s Printing and Bookbinding Company, pg. 554, xxxiii; ênfase adicionada]

Acho muito interessante que Blavatsky, como Anton LaVey na Bíblia Satânica, não tenha dificuldades em associar o nome infernal Thoth com Satanás, e especialmente com o Satanás egípcio! Lembre-se das palavras de Pike, citadas no início, que "a Maçonaria é idêntica aos mistérios antigos"! Essa afirmação significa que os maçons acreditam no mesmo que era ensinado em todos os Mistérios Antigos e adoram ao mesmo deus, Satanás, só que sob diferentes nomes.

Como a senhora Blavatsky mencionou outro nome infernal, Tífon, e o identificou como o Satanás na mitologia egípcia, vamos revisar Albert Pike novamente, e descobriremos que a Maçonaria também reverencia a Tífon.

Tífon – "Osíris era o filho de Hélios (Phra) o ‘rebento divino nascido com a aurora’ e ao mesmo tempo uma encarnação de Kneph ou Agathodaemon, o Espírito do Bem, incluindo todas suas possíveis emanações, físicas ou morais. Ele representava em uma forma familiar o aspecto beneficente de todas as mais elevadas emanações e nele foi desenvolvido o conceito de um Ser puramente bom, de modo que foi necessário criar outro poder como seu adversário, chamado Seth, Baby, ou Tífon para corresponder às influências injuriosas da Natureza." [Pike, op. cit. pg 588, Ensinos Para o Vigésimo Oitavo Grau, Cavaleiro do Sol, ou Príncipe Adepto].

Novamente, podemos ver a doutrina ocultista e satânica que toda a natureza é composta pelo bem e pelo mal, branco e preto, opostos que são iguais, mas adversários. Isso é puro satanismo, e Albert Pike acaba de abraçá-lo, explicando que a natureza não podia permitir que um Osíris que é só amor e bondade existisse sem um contrapeso maligno. Na verdade, o satanismo e a Maçonaria compartilham o mesmo símbolo revelador para ilustrar essa situação. Apresentamos estas figuras, tiradas de fontes maçônicas:

Nestes símbolos, o Pentáculo da esquerda envolvido pelo círculo mágico é Lúcifer – o deus do bem – com uma ponta voltada para cima e duas para baixo; o Pentáculo da direita, que também está envolvido pelo círculo mágico, é Satanás – o deus do mal – com duas pontas para cima e uma para baixo. Esses símbolos ilustram exatamente o que Albert Pike está falando no parágrafo acima! Ele diz que o deus maligno, a quem chama de Seth, ou Tífon [Tífon é listado na Bíblia Satânica de Anton LaVey como um dos nomes infernais de Satanás] é o adversário do deus do bem, Osíris; portanto, Pike está dizendo que Osíris é Lúcifer, uma conclusão coerente com o resto do reino ocultista.

[Os símbolos acima foram tirados de: Arthur Edward Waite, The Misteries of Magic: A Digest of the Writings of Eliphas Levi [Os Mistérios da Magia: Digesto dos Escritos de Eliphas Levi], Chicago, DeLaurence, Scott and Company, edição de 1966, 1909, pg 223 – Nota: Waite é um autor maçom! Encontrado também em D. Duane Winters, A Search for Light in a Place of Darkness: A Study of Freemasonry, pg 69]

Com esse símbolo em mente, achamos muito interessante que o layout das ruas da capital Washington, que abordamos em grande detalhe nos artigos N1040 e N1081, foi planejado para formar um Pentáculo maligno, o símbolo de Satanás, também conhecido como Cabeça do Bode de Mendes! Portanto, o plano maçônico para os Estados Unidos é maligno, não é bom, em suas próprias mentes. Vamos incluir o layout das ruas com a localização dos edifícios para você agora, mas o encorajamos a ler os detalhes completos no artigo N1040, Símbolos Maçônicos de Poder na Capital Washington", disponível neste site.

– "… Satanás não é um deus negro, mas a negação de Deus … ele não é uma pessoa, mas uma Força, criada para o bem, mas que pode representar o mal. É o instrumento da Liberdade ou do Livre Arbítrio. Eles representam essa Força… sob a forma mitológica e cornífera do deus Pã; daí veio o bode do Sabá, irmão da Antiga Serpente e o portador da Luz …" [Pike, Morals and Dogma, pg 102]

Como a Bíblia Satânica relaciona Pã como um dos nomes infernais de Satanás, precisamos investigar no ocultismo mais algumas informações sobre Pã. No entanto, agora sabemos que, de Pã, veio o bode do Sabá, irmão da Antiga Serpente e o portador da Luz [Lúcifer], pois Albert Pike, o maior maçom da história, acaba de nos dizer isso!

As restrições de tempo e de espaço impedem-nos de continuar mais neste interessante e revelador estudo sobre a Maçonaria. Esperamos e oramos que este material, mais a ação do Espírito Santo, tenham revelado a você a verdade sobre a natureza religiosa da Maçonaria. Verdadeiramente, essa organização é uma das mais enganosas na história mundial. Veja como o autor cristão de Nova Era, Bill Cooper, descreve a Maçonaria. Cooper foi membro da organização maçônica DeMolay durante sua juventude e, posteriormente, passou 20 anos trabalhando na Inteligência Naval. Ele está muito familiarizado com as organizações que estão conduzindo o mundo para a Nova Ordem Mundial e preparando o aparecimento do seu Messias, o Anticristo descrito na Bíblia.

"Posso assegurar que a Maçonaria é uma das mais ímpias e terríveis organizações que existem no mundo. Os maçons são grandes participantes na luta pelo domínio mundial. O Grau 33 está dividido em duas metades. Uma metade contém o núcleo do Iluminismo Luciferiano e a outra é formada por aqueles que não têm absolutamente nenhum conhecimento sobre isso." [Behold a Pale Horse, pg 78]

Ao longo dos anos, desde que li o livro de Cooper, confirmei a vasta maioria das informações que estão ali contidas. Até mesmo o ex-feiticeiro Iluminista, Doc Marquis tem esse livro em sua estante. Se você desejar conversar com Doc sobre a veracidade dessas informações, pode contactá-lo em Christians Exposing The Occult, PO Box 632436, Nacogdoches, TX 75963-2436, ou pelo telefone (409) 552-7313. Doc tem muitos dos livros secretos, chamados Livros Esotéricos da Maçonaria, incluindo muitos que estão escritos em código. Ele confirma essa afirmação de Cooper.

Agora que conhece a verdade sobre a Maçonaria, você precisa tomar uma decisão pessoal. Agora que sabe que foi enganado pelos seus próprios superiores na Arte, precisa decidir se quer seguir a Jesus Cristo ou a Maçonaria. Seu destino na eternidade é que está em jogo. Ouça as palavras de Josué:

"Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR." [Josué 24:15]

Como demonstramos, a Maçonaria é "idêntica aos mistérios antigos"; portanto, é idêntica aos deuses egípicios, das mãos dos quais o Deus da Bíblia libertou os israelitas, e idêntica também aos deuses dos amorreus.

Novamente, ouça o desafio de Josué: "… escolhei hoje a quem sirvais." Esperamos que sua resposta seja como a decisão de Josué: "Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR".


 

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia a dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Texto revisado por: V. D. M. – Campo Grande / MS
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/free11.asp

About these ads
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s